Não é só de heróis que vive o mundo. É de heroínas também

Se a alma não é o corpo, o que será a alma? - Walt Whitman

Ninguém discute que a amaior revolução do século XX foi a revolução da mulher. Ninguém discutitá tão pouco, que a grande volta por cima da mulher foi no esporte. Há pouco mais de 100 anos olimpíadas era coisa só de homem. Mulher era para torcer e entregar troféu aos heróis. Um século depois em Atlanta havia 10.000 atletas competindo, 3.700 eram mulheres. A televisão mostrava ao mundo que não é só de heróis que vive o mundo. É de heroínas também. (Texto do vídeo de domínio público - Visões do Esporte - Mulheres)
Visões do Esporte - Mulheres